O que é espaço geográfico?

 

O que é arte?
O que é Andróid?

O que é autismo?

O que é bacharelado?

O que é biodiversidade?

O que é cidadania?

O que é capitalismo?

O que é democracia?

O que é dislexia?

O que é ditongo?

O que é educação?

O que é ecossistema?

O que é espaço geográfico?

O que é filosofia?

O que é fimose?

O que é geografia?

O que é globalização?

O que é Harlem Shake?

O que é HPV?

O que é inbox?

O que é Instagram?

O que é jurisprudência?

O que é Java?

O que é Karma?

O que é logradouro?

O que é literatura?

O que é marketing?

O que é MBA?

O que é nostalgia?

O que é NIS

O que é Órgão Emissor?

O que é pesquisa?

O que é poser?

O que é resenha?

O que é RIC?

O que é Skype?

O que é TelexFree?

O que é triglicerídeos?

O que é URL?

O que é verbo?
O que é xenofobia?
O que é zootecnia?

 

O Espaço geográfico é o palco das realizações humanas, no entanto, abriga todas as partes do planeta possíveis de serem analisadas, catalogadas e classificadas pelas inúmeras especialidades da ciência geográfica.

Em geral, o espaço geográfico é o espaço ocupado e organizado pelas sociedades humanas. Ele é poligênico - sendo que para seu entendimento é necessário o estudo de todo o processo histórico de sua formação.

Para a geografia física o espaço geográfico é o espaço concreto ou físico inserido na interface "litosfera-hidrosfera-atmosfera". É o espaço de todos os seres vivos, não só o espaço do homem. O espaço geográfico foi formado a 4,5 bilhões de anos quando a Terra foi formada. De lá para cá houve mudanças profundas na sua estrutura, composição química e na paisagem geográfica. Oceanos apareceram, oxigênio ficou abundante, devido o papel das algas e plantas superiores. Quando o homem surgiu na Terra ele já estava formado. Com o tempo a humanidade começou a modifica-lo através da tecnologia. Hoje as paisagens geográficas estão bastante modificadas, mas a natureza continua determinando tudo ou quase tudo.

A cultura, a política e a economia são instâncias da sociedade, o mesmo ocorre com o espaço, que, como produto social, reflete os processos e conflitos sociais, ao mesmo tempo em que influi neles. Para a maior parte dos geógrafos críticos, como Milton Santos, Ruy Moreira, David Harvey, entre outros, o objeto de estudo da geografia é o espaço, concebido de forma humanizada e politizada como uma instância social. Segundo essa concepção, a sociedade se expressa inteira no espaço geográfico, num feixe de relações sociais, políticas e econômicas que as pessoas estabelecem entre si e delas com o espaço. As relações entre as pessoas são construídas na família, no trabalho, na escola, na universidade, no lazer, na igreja, etc. As relações de trabalho nos últimos anos passam por uma enorme transformação provocada pela rapidez do avanço tecnológico e sua aplicação nos processos produtivos.